Como aumentar a testosterona através de grupos de alimentos?

Como aumentar a testosterona (ejaculação precoce)

Como aumentar a testosterona?? O que é ejaculaçao precoce como cuidar?? Essas e tantas outras perguntas são muito feitas por homens e mulheres preocupados com a saúde em geral (sexual, principalmente). Primeiramente, saiba que existem grupos de alimentos que tem esse poder, e você está prestes a conhecê-los.

 

Quais os alimentos que ajudam e como aumentar a testosterona naturalmente!?

Certamente, a alimentação é o principal alicerce para o bom funcionamento do corpo humano. É através dela que sintetizamos os nutrientes de origem mineral, vegetal e animal em busca da sobrevivência da espécie. Agindo como um organismo dentro de uma relação muito maior com a natureza e portanto, fundamental para o ciclo da vida.

Assim sendo, partindo para nós mesmos como espécie humana, devemos buscar nutrir nosso aparato da melhor forma possível. Só assim conseguiremos suas funções em trabalho harmonioso dos tecidos orgânicos: do cérebro à circulação, do coração aos membros.

A importância do Sistema Endócrino e do Sistema Circulatório para saúde sexual masculina

Os hormônios, que são produzidos por glândulas que se localizam em várias partes do nosso corpo, são levados para desempenhar os seus papéis através da circulação sanguínea. Hormônios são os coordenadores do tempo do corpo, como o crescimento, o sono, o prazer e a fome. Ou seja, essa circulação hormonal tem que ser facilitada pelas vias que a conduzem, os vasos sanguíneos. A própria ereção significa uma aptidão do sistema a reter o sangue nos órgãos sexuais pela quantidade de tempo necessária, até que dure a tensão sexual, daí a sua grandiosa importância.  

É possível estimular isso através da alimentação?

Apresentaremos aqui, indicações e prioridades na alimentação do dia-a-dia para quem deseja ajudar no funcionamento da Testosterona: Hormônio que estimula o metabolismo do organismo e por consequência, te ajuda no bem estar sexual, através da vitalidade e virilidade causadas pela função perfeita do hormônio. Inclusive, o uso de alimentos funcionais tem sido cada vez mais difundido no tratamento para ejaculaçao precoce masculina. Vejamos os grupos de alimentos e Como aumentar a testosterona naturalmente.  

Proteínas

Este é o principal grupo de alimentos para obter uma alimentação rica com foco no aumento da testosterona. Elas podem ser de origem animal ou vegetal, no entanto, as de origem animal são mais facilmente absorvidas pelo organismo por causa do alto valor nutritivo. Elas são: Ovos, Leite (com a nata), Carnes em geral, Peixe e Crustáceos. As proteínas principais de origem vegetal são: Feijão, ervilha, lentilha e leguminosas em geral. Um alerta especial à Soja, porque ela possui um derivado do estrógeno, que é o hormônio mais presente nas mulheres, o que pode gerar um desenvolvimento deste, o que não é o nosso objetivo.  

Vitamina D

A vitamina D é um revitalizador, um agente revigorante. Pode-se dizer que é um nutriente solar, pois a sua absorção pelo corpo se dá pela exposição à luz do sol. Há alguns alimentos em que podemos encontrá-la mais fartamente, mas não se esqueça de tomar um banho de sol também! São eles: Gema de ovos, queijos, salmão, atum e sardinha enlatada; cogumelos e fígado bovino. Fique atento aos Minerais!

Há pesquisas que identificam quais os minerais que de fato beneficiam o aumento da testosterona. Elas mostraram não somente os minerais facilitadores, como também os minerais que não te ajudam a elevar o hormônio masculino, são eles:

Positivos: Boro, Zinco, Ferro, Magnésio e Molibdênio Estes são encontrados em diversos alimentos na nossa dieta habitual, contudo é preciso diversificar a oferta destes para garantir uma boa absorção do mineral. Vejamos aqui uma variedade de itens que ofertam os 5 minerais acima: Abacate, maçã, pera, uva vermelha, oleaginosas, sementes, mel, cebola, batata, chocolate (por causa do cacau, ou seja, escolha um de qualidade), cereais (aveia, quinoa, trigo integral, cevada), frutas-seca, vegetais verdes (couve-manteiga,espinafre), ostras, feijões e leguminosas, amendoim, tomate, cenoura, iogurte e outros mais.

Negativos: Manganês, Cromo e Cádmio Moluscos, abacaxi, banana, farelo de cereais, algumas oleaginosas, arroz, pão, laranja, milho e o consumo de produtos orgânicos, sem agrotóxicos, pois estes contém o cádmio.  

Como aumentar a testosterona com os Termogênicos Naturais

Todos os alimentos que ajudam na circulação de sangue e na aceleração do metabolismo do corpo são importantes para o desempenho sexual masculino. Por isso, os alimentos termogênicos são aliados nessa missão.

Quem são eles?

As especiarias em geral: gengibre, pimenta, cravo, canela, açafrão, curry, cominho. Café e chás (verde, mate, hortelã); água mineral e água de coco geladas! É claro que essas dicas sobre Como aumentar a testosterona não são as únicas dicas que funcionam. Continue buscando e pesquisando, acesse os conteúdos aqui sugeridos e vai ter muito resultado!

Disfunção Erétil: Quais as Principais Causas e como tratar?

Disfunção Erétil e exercicios para ejaculaçao precoce

Disfunção Erétil: Quais as Principais Causas?

A Disfunção Erétil, problema já conhecido e aterrorizante a milhares de homens no Brasil, tem suas raízes em diversos outros problemas.

O desconhecimento acerca das causas da disfunção erétil, também conhecida por impotência sexual, pode ser proveniente do tabu que se cria sobre o assunto, na sociedade em geral.

O que é a Disfunção Erétil

A disfunção erétil  é a falta de ereção permanente. Ou seja, não se trata de total incapacidade e não configura uma doença. Além disso, é mais comum do que se imagina. 2 milhões de casos são registrados no Brasil, todo ano.

Entretanto, especialistas apontam que uma das principais causas da D.E. pode ser de cunho emocional.

Acompanhe a leitura:

  • Como detectar?
  • Disfunção Erétil e Ejaculação Precoce São a mesma coisa?
  • Envelhecimento causa impotência?
  • Envelhecimento causa impotência?

Como detectar?

A disfunção erétil pode ter diversas causas que podem ser orgânicas ou psicológicas. Estudos apontam que em cerca de 70% dos casos, a falha é ocasionada por problemas de cunho emocional e não físico.

As questões relacionadas a distúrbios físicos podem ser vasculares, de origem arterial, hormonal ou da própria anatomia do pênis e devem ser tratadas com um especialista.

Já nas situações em que o psicológico afeta o desempenho sexual, a ansiedade e a depressão são as duas causas mais comuns entre os homens.

Disfunção Erétil e Ejaculação Precoce São a mesma coisa?

A ejaculação precoce é um dos sintomas que mais geram o bloqueio no mecanismo da ereção e acontece justamente por causa da ansiedade.

Em alguns casos, o medo de ejacular muito rapidamente e não proporcionar prazer à parceira e até mesmo o nervosismo por se relacionar com alguém que desperte a atenção pode fazer com que alguns homens não consigam chegar à penetração que consideram ideal, desencadeando a “doença”.

Por esta razão, é muito importante que o casal estabeleça diálogo e intimidade o suficiente para que a troca seja fluida e prazerosa. O ambiente e a rotina também influenciam neste processo, por isso é indicado rever o estilo de vida que se leva em função da saúde sexual.

 Envelhecimento causa impotência?

Muitas pessoas associam o envelhecimento à causa da disfunção erétil, pela diminuição da taxa de testosterona na terceira idade. Entretanto, isso é questionável.

O desempenho sexual pode estar relacionado ao estado emocional do indivíduo, sendo ele idoso ou jovem. Portanto, uma pessoa com 80 anos pode ter atividade sexual satisfatória, se tiver um estilo de vida saudável e uma boa saúde mental.

Já um rapaz de 18 anos pode apresentar sintomas de disfunção erétil se estiver deprimido ou com preocupações exacerbadas.

Qual o Melhor Tratamento?

Para os casos que a “patologia” ocorre por motivos psicológicos, o principal tratamento indicado é com psicólogos ou psiquiatras que possam diagnosticar e receitar tratamentos específicos. Em geral, terapias individuais ou de casal costumam ser uma ótima solução, pois estimulam o diálogo e propõem mudanças significativas no dia a dia do casal.

De todo modo, é muito importante diagnosticar e avaliar qual o melhor método de tratamento. Há muitas maneiras de se remediar a disfunção erétil, como produtos naturais, exercicios para ejaculaçao precoce e também a psicoterapia.

 

Como evitar ejaculamento precoce naturalmente?

Evitar ejaculamento precoce é o grande desafio e objetivo de mais de 1 milhão de homens brasileiros.

Naturalmente, isso não é tão fácil de conseguir, pois normalmente essa disfunção está ligada a problemas da mente.

 

O que é Ejaculação Precoce?

A Ejaculação Precoce nada mais é do que uma disfunção sexual masculina que ocorre quando um homem ejacula mais cedo do que o desejado durante a relação sexual.

De acordo com o Portal da Urologia, cerca de 1 quarto dos brasileiros sofrem com ejaculação precoce em algum momento da vida.

Contudo, a ejaculação precoce pode ser subdividida em três tipos de classificação. Segue abaixo:

  • Ejaculação precoce primária: se manifesta desde o começo da relação sexual (puberdade) e mantém-se com frequência; cerca de 25% dos casos.
  • Ejaculação precoce secundária: apresenta-se de vez em quando; cerca de 75% dos casos.
  • Ejaculação precoce situacional: manifesta-se com diferentes parceiras.

Causas

Não existe uma causa “certa” comprovada, mas é verídico que algumas condições psicológicas e biológicas contribuem para que a ejaculação precoce ocorra.

 

Algumas causas psicológicas:

Como exemplo de condições psicológicas, pode-se afirmar que são as principais causas:

  • Ansiedade
  • Disfunção erétil
  • Problemas de relacionamento
  • Uso de alguns medicamentos
  • Medo
  • Angústia
  • Baixa autoestima

 

Algumas causas biológicas:

Já nas condições biológicas, são as principais causas:

Níveis hormonais fora do padrão

Atividade anormal do sistema ejaculatório

Fatores genéticos

Diabetes (visto que indivíduos com diabetes tendem a apresentar problemas como impotência sexual)

Obs.: Ejaculação precoce e disfunção erétil são coisas distintas. Na disfunção erétil o indivíduo não consegue ter uma ereção. Já na ejaculação precoce, o indivíduo consegue ter ereção, porém ejacula antes do desejado.

 

Como controlar a Ejaculação Precoce?

A ejaculação precoce é uma grande barreira na vida sexual de um homem. Dela, vem acompanhada perguntas como: “como curar”, “como lidar”, “como controlar”, “como tratar”, “como resolver”, “como prevenir”, e etc.

E para isso, separei 3 possíveis “tratamentos” da ejaculação precoce aqui abaixo.

Alguns exercícios podem ajudar no prolongamento da relação sexual, como por exemplo:

  • Pausas quando começar a ficar muito intenso
  • Pensar em coisas pouco estimulantes, como problemas no trabalho, por exemplo.
  • Se masturbar tempo antes do ato sexual, visto que na relação a excitação não vá estar tão intensa.

 

Ejaculação precoce tem cura?

O controle da ejaculação precoce pode ser alcançado através de exercícios e técnicas como essas acima, porém nem sempre vai ser o suficiente (mudanças no estilo de vida, alimentação e sono são importantes também).

A melhor estratégia para atingir o máximo controle da ejaculação é realizando os exercícios de kegel, em média de 100 repetições por dia, durante vários dias.

Nesse sentido, aconselho a leitura de mais conteúdos de qualidade; você encontrará muito mais detalhes sobre como de fato durar muito mais tempo na cama e evitar ejaculamento precoce.

Espero que tenha te ajudado até aqui. Saúde e muito sexo para nós todos!

Como acontece uma ereção e o que isso tem a ver com a disfunção erétil

Afinal, Disfunção Erétil, o que é?

ejaculaçao precoce tratamento

A disfunção erétil (DE) é a não capacidade em ter ou segurar de forma esperada a ereção tesa o suficiente para ter o sexo propriamente dito. Por muito tempo ficou batizada de impotência sexual, mesmo que essa definição não se use mais, praticamente.

Não é anormal ter uma situação sexual onde não se consegue ereção. Milhares de homens já provaram esse sabor amargo em algum momento de suas vidas sexuais, normalmente nos estágios de picos do estresse.

Sem embargo, incidência e frequência da Disfunção Erétil pode ser sinais de possíveis problemas de saúde que precisam de atenção imediata.
As vezes, pode também sinalizar 

Também pode ser um sinal de atribulações de relacionamento ou emotivas das quais recomenda-se tratamento especialista.

Não se limite ao conteúdo aqui publicado, explore mais e saiba como pode se livrar da Disfunção Erétil de forma definitiva. No texto em destaque abaixo você poderá ler um ótimo artigo sobre Ejaculação Precoce, um dos grandes sintomas relacionados à Disfunção Erétil:

ejaculaçao precoce tratamento

O que causa uma ereção?

Primeiramente, muitas das vezes a Disfunção Erétil é decorrência de complicações em alguma (ou várias) etapa(s) do processo de elevação do pênis.
A ereção em si, é a consequência natural do acréscimo de fluidez de sangue no seu órgão genital.

Em geral, o curso de sangue é incentivado no corpo através de toques físicos diretamente no falo, ou mesmo estímulos mentais eróticos.

A musculatura do órgão genital masculino é relaxada no momento em que o homem está sendo estimulado sexualmente (esse é o funcionamento sadio de um homem).

Logo, tudo isso culminará num aumento do curso de sangue, pelas artérias do pênis; enchendo assim, dois grandes corpos cavernosos dentro do pênis.
Tão logo os corpos cavernosos se encham de sangue, o pênis ganha volume e tamanho, ficando ereto.

Finalmente, quando os músculos se confrangem de volta, o sangue se esvai e a ereção ali acaba.