Disfunção Erétil: Quais as Principais Causas e como tratar?

Disfunção Erétil e exercicios para ejaculaçao precoce

Disfunção Erétil: Quais as Principais Causas?

A Disfunção Erétil, problema já conhecido e aterrorizante a milhares de homens no Brasil, tem suas raízes em diversos outros problemas.

O desconhecimento acerca das causas da disfunção erétil, também conhecida por impotência sexual, pode ser proveniente do tabu que se cria sobre o assunto, na sociedade em geral.

O que é a Disfunção Erétil

A disfunção erétil  é a falta de ereção permanente. Ou seja, não se trata de total incapacidade e não configura uma doença. Além disso, é mais comum do que se imagina. 2 milhões de casos são registrados no Brasil, todo ano.

Entretanto, especialistas apontam que uma das principais causas da D.E. pode ser de cunho emocional.

Acompanhe a leitura:

  • Como detectar?
  • Disfunção Erétil e Ejaculação Precoce São a mesma coisa?
  • Envelhecimento causa impotência?
  • Envelhecimento causa impotência?

Como detectar?

A disfunção erétil pode ter diversas causas que podem ser orgânicas ou psicológicas. Estudos apontam que em cerca de 70% dos casos, a falha é ocasionada por problemas de cunho emocional e não físico.

As questões relacionadas a distúrbios físicos podem ser vasculares, de origem arterial, hormonal ou da própria anatomia do pênis e devem ser tratadas com um especialista.

Já nas situações em que o psicológico afeta o desempenho sexual, a ansiedade e a depressão são as duas causas mais comuns entre os homens.

Disfunção Erétil e Ejaculação Precoce São a mesma coisa?

A ejaculação precoce é um dos sintomas que mais geram o bloqueio no mecanismo da ereção e acontece justamente por causa da ansiedade.

Em alguns casos, o medo de ejacular muito rapidamente e não proporcionar prazer à parceira e até mesmo o nervosismo por se relacionar com alguém que desperte a atenção pode fazer com que alguns homens não consigam chegar à penetração que consideram ideal, desencadeando a “doença”.

Por esta razão, é muito importante que o casal estabeleça diálogo e intimidade o suficiente para que a troca seja fluida e prazerosa. O ambiente e a rotina também influenciam neste processo, por isso é indicado rever o estilo de vida que se leva em função da saúde sexual.

 Envelhecimento causa impotência?

Muitas pessoas associam o envelhecimento à causa da disfunção erétil, pela diminuição da taxa de testosterona na terceira idade. Entretanto, isso é questionável.

O desempenho sexual pode estar relacionado ao estado emocional do indivíduo, sendo ele idoso ou jovem. Portanto, uma pessoa com 80 anos pode ter atividade sexual satisfatória, se tiver um estilo de vida saudável e uma boa saúde mental.

Já um rapaz de 18 anos pode apresentar sintomas de disfunção erétil se estiver deprimido ou com preocupações exacerbadas.

Qual o Melhor Tratamento?

Para os casos que a “patologia” ocorre por motivos psicológicos, o principal tratamento indicado é com psicólogos ou psiquiatras que possam diagnosticar e receitar tratamentos específicos. Em geral, terapias individuais ou de casal costumam ser uma ótima solução, pois estimulam o diálogo e propõem mudanças significativas no dia a dia do casal.

De todo modo, é muito importante diagnosticar e avaliar qual o melhor método de tratamento. Há muitas maneiras de se remediar a disfunção erétil, como produtos naturais, exercicios para ejaculaçao precoce e também a psicoterapia.

 

Deixe uma resposta